terça-feira, Maio 24, 2011

Decorar por pouco dinheiro







Ter uma casa bem decorada não tem de custar uma fortuna – basta ser criativo e pensar um pouco “fora da caixa” para produzir uma decoração cinco estrelas. Vai surpreender-se com os resultados finais… isto para não falar na reacção da família e dos amigos.

1.Feiras, lojas de usados e antiquários. À primeira vista estes três locais são os últimos destinos onde pensaria parar para fazer compras para decorar a casa, mas a verdade é que estão recheados de tesouros a baixo custo. Os artigos aqui encontrados podem necessitar apenas de uma demão de tinta ou de serem estofados para renascerem e encontrarem um lugar de destaque na sua casa. Para além disso, comprar vintage é ser amigo do ambiente.


2.Espelho meu. É incrível como é que um simples espelho pode transformar por completo uma divisão – o seu efeito óptico aumenta um espaço mais pequeno e empresta luz às áreas mais escuras. Não precisa de ser uma aquisição cara – principalmente se encontrar um nos saldos ou numa loja de usados – e confere um toque de classe a qualquer espaço, quer esteja pendurado, quer esteja pousado no chão, encostado a uma parede.


3.Paredes inspiradas. O branco entediante das suas paredes é uma frustração diária, mas não pode suportar os custos de uma pintura ou aplicação de papel de parede? Nem tudo está perdido! Os autocolantes e stencils de parede são uma excelente forma de conferir um pouco de design e cor a um espaço, sem o trabalho e a despesa das restantes opções.

4.A Mãe Natureza também decora. As flores e plantas compradas avulso são um excelente recurso decorativo, que não requer grandes dívidas… mais até se as puder apanhar do seu próprio jardim. Folhas e galhos de árvores também são apontamentos de decoração originais e cativantes, basta dispô-los em bonitos vasos ou outros recipientes que certamente tem guardados nos seus armários.


5.Reciclar antes de eliminar. Tudo cansa e a decoração não é excepção! De vez em quando dá por si a pensar que só queria ter dinheiro para renovar as cadeiras da sala de jantar ou a mobília do escritório… antes de deitar fora ou oferecer e comprar tudo novo, pense nas formas como poderia dinamizar esses elementos? As cadeiras podiam ser estofadas com um novo tecido ou cobertas com capas amovíveis para uma lufada de ar fresco instantâneo e económico. O mobiliário do escritório podia ser pintado de uma nova cor para uma divisão completamente renovada em apenas um fim-de-semana, por exemplo. Para decorar a baixo custo, há que puxar pela imaginação…


6.Arte mágica. Uma parede coberta com obras de arte pode parecer um sonho distante, mas não é! Hoje, arte é aquilo que quisermos e nesse sentido, podemos encher as nossas paredes com inspiração que não custa este mundo e o outro. Inspire-se numa bonita produção de moda de uma revista, num livro com imagens de flores luxuosas ou cidades do mundo, ilustrações suas ou de alguém conhecido e até mesmo sobras de papel de parede para recortar, emoldurar e pendurar.

7.Coser com estilo. Quem sabe coser tem uma enorme vantagem no que toca a decorar uma casa – necessita apenas de comprar os tecidos para pôr mãos à obra (neste caso, na máquina de costura!) e confeccionar cortinas, capas de almofada e de sofá, toalhas de mesa, assentos para cadeiras ou bancos… exemplares únicos numa casa com uma decoração muito própria.

8.Trocar para decorar. A forma mais barata de decorar – aliás gratuita – é simplesmente aproveitar o que tem, dando-lhe uma nova função ou transportando-o para outro local na casa. Como? Para renovar um quarto de dormir, troque as suas cortinas, tapetes, roupa de cama, almofadas, candeeiros e até os objectos decorativos com as do quarto de hóspedes, por exemplo; ou então substitua as cadeiras da cozinha pelas da sala de jantar. Mais simples ainda é criar uma nova disposição para um espaço, movendo, eliminando ou adicionando mobília e outros elementos de decoração. Por fim, refresque a sua memória decorativa ao dar uma vista de olhos por tudo aquilo que tem guardado em armários e que pode exibir sobre móveis ou utilizar para organizar, dando um descanso merecido àqueles objectos que vê diariamente há meses ou anos.


9.Adeus velho, olá novo. Uma das melhores formas de poupar na decoração é vender mobília e objectos que tem armazenado na garagem ou no sótão e que dificilmente voltará a utilizar. Para além de libertar espaço precioso, o dinheiro entretanto ganho pode ser canalizado para comprar aquele tapete, pouf ou mesa que anda a namorar há séculos. Em adição, não descure as campanhas promocionais que oferecem descontos na compra de um novo artigo ou electrodoméstico com a entrega de um exemplar velho.

10.Faça você mesmo. Nem todos temos a possibilidade de contratar um decorador profissional, mas sabem uma coisa? Não precisa! Grande parte da diversão que é decorar advém do espírito “faça você mesmo”: inspire-se em revistas, cenários de séries e filmes, casas de familiares e amigos e depois parta à busca daquilo que tem de adquirir, compare preços, espere pelos saldos ou então forre os seus velhos abat-jours com aquele tecido que sobrou ou então pinte as suas próprias paredes. No caso de obras mais a fundo, que requerem picheleiros, carpinteiros e outros trabalhadores especializados, procure sempre referências junto de familiares e amigos, pedindo diversos orçamentos antes de tomar a decisão final.


Mais ideias para poupar aqui.

0 comentaram:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...