sábado, agosto 20, 2011

O "apertamento" da Denise.

As amigas brasileiras já devem conhecer e para elas acredito, que o post de hoje já não seja novidade. No entanto, eu não consigo deixar de partilhar este artigo que saíu na revista Minha Casa.

Estou absolutamente fascinada pelas ideias que lá encontrei. E confesso que fiquei muitíssimo inspirada, para dar uma renovação ao meu pequeno T1.

Aqui fica o artigo na íntegra, espero que vos inspire tanto, como a mim!

bjs


"Apê de 25 m²: feminino, descolado e multifuncional"

Denise Tunchel, advogada, figura entre os defensores das metragens pequenas. Ela divide a área de 25 m² com Suri e Nina, suas gatinhas. Para Denise, a escolha foi feita porque o imóvel no bairro da Liberdade, no centro de São Paulo, prima pela fácil manutenção e fica perto da faculdade onde a moça estudava quando alugou o endereço. Para Suri e Nina, o apartamento é seguro – tem tela em todas as janelas – e muito animado. Isso porque Denise bolou uma solução genial para multiplicar o espaço: uma cama suspensa que abriga um guarda-roupa na parte de baixo e funciona como parque de diversão para suas companheiras.

Fã de design, Denise cuida da decoração com jeito de especialista. “Sempre gostei do tema. Tanto que, assim que vi a mesa de centro, sabia que um dia teria uma.” Mas o acerto nas escolhas demandou tempo. Quando me mudei, comprei coisas em exagero, sem medir, e acabei precisando me desfazer delas, revela.


Peça-chave, a mesa de centro Chiclets é assinada pelo designer Felipe Reis. Tem rodízios e foi produzida em tamanho especial para Denise: 1x0,75x0,20m. Saiu por R$ 420 há cerca de um ano. O porta guarda-chuva modelo Hidrante é um cinzeiro sem tampa! Foi comprado nas Lojas Tokyo, por R$ 216. O sofá Origami (1,80 x 0,80 x 0,85 m) de Fernando Jaeger custou R$ 1800 (peça de mostruário), e os barquinhas coloridos que Denise encontrou em uma loja da rua do Gasômetro, em São Paulo, por R$ 10, foram personalizados por Denise com papéis colados.



Charmosa, a minigeladeira fica em plena sala. Dessa forma, poupa espaço na cozinha, que tem apenas 2,20 m2. Mas, para que fizesse parte da decoração do ambiente mais importante do apê, Denise elegeu um modelo retrô e de cor forte, sobre o qual arruma copinhos em uma bandeja – assim, ainda facilita o serviço no dia a dia. O modelo Retrô (48x51x80cm), de 76 litros, é da Brastemp. Fast Shop, R$ 897,83 (ou 10 x R$ 99,90). Para completar, o pinguim arremata o visual descolado.



A manutenção simples do piso frio, de cerâmica, agiliza a limpeza da quitinete. Como Denise tem duas gatinhas, isso é fundamental. Quando recebe os amigos, o que é frequente, Denise oferece, além do sofá, as almofadas com jeitinho de futon, tudo bem informal - cada uma delas sai por R$ 140, na Cinerama. Do lado direito do refrigerador, o rack Access é da mesma linha do modelo de parede. Mede 1,20 x 0,40 x 0,39 m, e é encontrado na Tok & Stok por R$ 220.



Uma das últimas grandes aquisições foi a estante que se estende pela parede de 4m.Com o móvel cheio de nichos, a moradora conseguiu organizar livros, objetos decorativos e mimos como os muitos porta-retratos. O móvel é composto por duas unidades Access pequenas (1,20 x 0,30 x 0,91 m) e uma grande (1,40 x 0,30 x 2,02 m), da Tok & Stok. De MDF com laminado melamínico, a combinação sai por R$ 1018.



Mesmo com pouco espaço, Denise conseguiu delimitar ambientes valendo-se de uma forma esperta de distribuir os móveis: o tapete é entrada para o quarto e os banquinhos demarcam as fronteiras da sala. A cama de casal suspensa feita sob medida pelo Marceneiro Jairo, por R$ 1900, fica cerca de 1 m abaixo do teto – assim Denise pode sentar sem risco de bater a cabeça. Embaixo, sobrou 1,70 m de altura para o closet, que tem duas araras metálicas e uma prateleira alta, fixada na própria estrutura da cama, resistente porque é feita de madeira maciça. O desafio é manter as coisas em ordem, já que ficam aparentes: uma cortina (Cinerama, R$ 140) esconde os pertences quando a preguiça bate mais forte que o desejo de arrumação. De quebra, o varão é aproveitado como guarda-corpo. Lindos, a cadeira de balanço e o lustre completam o ambiente. A primeira, da Zingara Design, foi arrematada por R$ 700 no Mercado Livre, e o último, da Etna, custou R$ 90.



A quitinete de Denise tem uma planta diferente da convencional, além de um pilar redondo estrutural (1). Para ganhar área livre e ter a sensação de amplitude, Denise investiu em poucos móveis. Na parte mais larga, foi possível reservar uma área para a sala, com o sofá e as estantes, e outra para o quarto, representado pela cama suspensa (2). O pé-direito alto, de 2,90 m, facilitou a instalação do móvel. A televisão fica na parede oposta à da janela, o que possibilita que seja vista do sofá e da cama. O janelão acolhe a entrada de muita luz natural, e por causa disso, a solução foi adotar uma cortina curta, que não sobrecarregasse o ambiente, já enxuto. O tecido encorpado filtra a entrada de luz e colabora na hora de ver TV.

Fonte: Minha Casa, Edição de Agosto de 2010.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...