quarta-feira, maio 20, 2009

O T. e a Nina

Quando fiquei grávida, acho que a Nina soube.
Quando estava quase a ter o T., tenho a certeza de que ela foi a primeira a saber. Lembro-me que andava muito, muito meiguinha comigo.
Quando voltei para casa com o T., a minha grande preocupação foi que ela se desse bem com ele.
Claro que nos primeiros dias estranhou, não se aproximava dele, e sempre que o ouvia chorar fugia a 7 pés.
Depois aos poucos, começou a cheirá-lo (tivemos sempre o cuidado de não os deixar sozinhos, não fosse o diabo tecê-las), até que começou a dar-lhe marradinhas, como quem pede festas. E agora não o larga nem por nada, onde ele está, a Nina está. Quando ele chora, ela mia e não sei de perto dele. E se ele chora e eu não dou por isso, ela vem ter comigo a miar.
Claro que também teve os seus ciumitos, e as suas chamadas de atenção.
Lembro-me que de início, ia dar com ela a dormir na cama dele, no carrinho, no ovinho...chegou mesmo a fazer xi-xi, nos bonecos dele. Mas demos-lhe sempre muito miminho, e agora é o que se vê!!!
Pois é, o meu filho, arranjou uma grande amiga...
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...