terça-feira, maio 31, 2011

Recordar e sonhar!



Quando eu era pequena e vivia, na cidade de Setúbal, a minha mãe, tinha um hábito, que com o tempo se foi perdendo! Lembro-me que acordava cedo, para adiantar o almoço, antes de ir trabalhar. E mal acordava, ligava o rádio que tinha na cozinha, por cima do frigorífico, ao lado de um elefante, com dentes em marfim, e que eu, não tardei em partir!
E eu todos os dias acordava, com a música a tocar, e com o som de uma mãe atarefada, que não tinha mãos a medir para deixar tudo pronto antes de sair...
Nesta altura, tocavam ainda na rádio, músicas como esta "Pedra Filosofal", que não sei porquê, me ficou de tal forma gravada na memória, que volta e meia, dou por mim a trauteá-la.
Ontem não sei porquê, não sei o que despoletou a memória, mas a caminho de casa, lá vim eu a cantar novamente estes versos. E a recordar o cheiro, de uma cozinha a fervilhar de vida! Do abraço doce de minha mãe! E dos acordares com pastéis de nata e leite com chocolate!
Pena que esta vida nos faça crescer e que nos afaste, destes pequenos nadas...
Mas é como diz o poema de António Gedeão, o sonho é uma constante da vida, e pelo menos em sonhos todos somos felizes!
Que ninguém perca a vontade de sonhar...
bjs
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...